Acesse o novo WebMail Fetrafi-RS
WebMail Fetrafi-RS
   Início        A Fetrafi-RS         Chat Jurídico         Diretoria         Estrutura         Sindicatos         Sistemas Fetrafi-RS    
Porto Alegre, 23\09\2017
Últimas Notícias
SindBancários disponibiliza curso de paternidade responsável para bancários
Compartilhe esta notícia no Twetter
Envie esta notícia por E-Mail
Direito do Trabalhador | 11/09/2017 | 13:09:35
SindBancários disponibiliza curso de paternidade responsável para bancários
As aulas começarão em 23/09, na Casa dos Bancários
 

Os homens não sabem nem trocar uma fralda. Aliás, trocar fralda é coisa de mulher. As mulheres ganham salários inferiores aos dos homens, mas o que isso tem a ver comigo, eu só quero ser pai? Afinal, para que serve um curso de paternidade responsável? Essas e muitas outras perguntas podem muito bem deixar dúvidas para aquele que a gente chama de pai fresco. E agora? Nasceu a criança e eu não sei o que fazer.

Aquele homem que já está pensando na possibilidade de ser pai e já conversou com a sua parceira. Se o casal for homoafetivo e está pensando em começar um processo de adoção ou se o caso é de maior urgência e a companheira está grávida. Esses são alguns dos exemplos de homens que podem começar a participar do curso de paternidade responsável do SindBancários. Para poder usufruir do benefício da licença-paternidade, é obrigatório fazer o curso de paternidade responsável.

As aulas estão programadas para começarem no sábado, 23/9, durante todo o dia, das 9h às 18h. Mas podem ocorrer em um horário alternativo. Segunda feira e quarta-feira, respectivamente, 25/9 e 27/9, das 18h as 22h. Todas as aulas ocorrerão na Casa dos Bancários.

A instrutora é a cientista social Clarananda Barreira. Ela explica que se trata de um curso de formação social e política também. “O objetivo não ensinar os homens a trocar fraldas. Isso se aprende no dia a dia. Temos como objetivo também alterar essa ideia que o cuidado com a criança é da mulher ou de um dos parceiros. Queremos desenvolver uma parceria, é certo, mas também demonstrar ao homem a importância de trabalhar junto da mulher para reconhecer que é preciso equidade de gênero”, afirma.

Assim, não basta apenas o cuidado da criança, a dedicação. São coisas importantes sim, mas é preciso saber que as mulheres também trabalham muito para o sustento da casa. Têm uma jornada dupla de atividades e que é preciso participar ativamente. “É preciso também pensar na educação desta criança. Pensar em educar de modo a pensar em transmitir uma cultura livre do machismo. As mulheres têm sofrido muito com a violência em casa. Esses 20 dias de licença-paternidade são importantes para desenvolver os vínculos afetivos e também políticos”, acrescenta Clarananda.

Datas das aulas

Sábado, 23/9: Das 9h às 18h

Segunda e quarta-feira, 25/9 e 27/9: Das 18h às 22h

Local: Casa dos Bancários (General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre).

INSCRIÇÃO

Copie e cole o endereço abaixo no seu navegador de preferência ou clique aquipara preencher o formulário e enviar diretamente à instrutora.

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd3RzlHMNCyDTs268-MGkqHHy1hjm5RPzplKGyu5fV44oRLeg/viewform?c=0&w=1

Valor do investimento

Bancário sindicalizado: R$ 200,00

Público em geral: R$ 400,00

Entenda a licença paternidade

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que aumenta a licença-paternidade de cinco para 20 dias em 8 de março de 2016. A Lei 13.257/2016, que dispõe sobre as políticas públicas para a primeira infância, estabeleceu a licença paternidade para os empregados de empresas que participam do Programa Empresa Cidadã. A licença-paternidade passou de cinco para 20 dias.

Uma conquista para os bancários

A conquista da Campanha Nacional Unificada dos bancários no ano passado está prevista na cláusula 26 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. Os bancos se comprometem a fazer parte do Programa Empresa Cidadã. O direito está atrelado à renovação pelo governo federal do programa Empresa Cidadã – responsável pela renúncia fiscal dos dias a mais nessas licenças.

Quem pode fazer o curso?

O curso é voltado para homens que queiram usufruir o direito da licença paternidade. Porém, qualquer homem pode se inscrever. Licença paternidade também pode ser usufruída por homens homoafetivos, homens em processo de adoção, pais solteiros, divorciados, casados. Não existe regra. Todos devem se sentir convidados. O curso pode fazer parte do planejamento familiar, ocorrer durante a gravidez, ou seja, não existe um momento exato para participar e nem um perfil específico. 

Fique atento: o curso tem que ser realizado antes do nascimento, ou adoção, da criança para que o trabalhador possa gozar do direito da extensão da licença paternidade.

Instrutora e Coordenadora do Curso

Clarananda Barreira, cientista social formada pela UNISINOS, com ênfase em direitos humanos. Trabalhou por mais de nove anos na esfera pública, desenvolvendo políticas públicas para a igualdade de gênero, especializando-se neste tema. Participa de iniciativas da ONU, Mulheres para a construção das agendas para equalizar as desigualdades de gênero no mundo (Cairo+20), e da implementação da agenda do Consenso de Montevideo. Desenvolveu palestras e fez parte da elaboração dos “Objetivos do Desenvolvimento Sustentável” da ONU, tendo como o objetivo 5 a Igualdade de Gênero.

* SindBancários

 
 
Conteúdo    
 
 
 
Direito do Trabalhador | 22/09/2017
Sindicato de Camaquã promove painel sobre Reforma Trabalhista
Evento será no dia 27 de setembro, às 19h
Direito do Trabalhador | 13/09/2017
Reforma trabalhista terá que se submeter à Constituição
Lei poderá não ser aplicada exatamente como foi aprovada
 
 
  Serviços
Acordos e Convenções
Enquetes
Conquistas
Acesso Restrito Interno à Fetrafi-RS
Informativos da Fetrafi/RS
Minutas de Reivindicações
Notas Jurídicas
Ações Trabalhistas Fetrafi/RS
Moções aprovadas em eventos
 
 
Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras RS
Rua Cel. Fernando Machado nº 820
CEP 90010-320 - Bairro Centro Histórico - Porto Alegre, RS
Fone: (51) 3224-2000 | Fax (51) 3224-6706

Copyright © 2010 Fetrafi. Todos os direitos reservados.
 
Desenvolvimento IDEIAMAIS - Agregando Valor